domingo, 15 de janeiro de 2017

sábado, 14 de janeiro de 2017

Alimente-se com gratidão

A mente humana tem um departamento destinado ao esquecimento. Não. Não é brincqdeira. Vamos aos fatos.

Lembramos de ações ruins que nos fizeram ou que nos aconteceu,  mas esquecemos gentilezas recentes que recebemos.

Ora,  que esposa não gostaria de ouvir um 'muito obrigado, amor' por ter ela trazido o chinelo e a toalha e posto na porta do banheiro para o marido?

Ou a mãe,  quanto tempo  espera pelo mesmo 'muito obrigado ' por tudo o que vem fazendo ao longo das jornadas diárias de afazeres domésticos em benefício de toda a família?

E o patrão, que, se valendo do salário que paga ao empregado, exige dele que execute que tarefa particular que foge às funções para o qual contratou o empregado e, quando o empregado faz,  não recebe sequer
um 'muito obrigado '?

Vamos ao médico e, se, este nos atender mal alardeamos aos quatro ventos o mal trato que sofremos, mas não agradecemos quando somos bem tratados.

Gratidão é  virtude que a psiquê humana não produz naturalmente. Por isso que ela deve ser aprendida e desenvolvida.

Bem, acho que foi por isso mesmo, pelo fato de a gratidão não ser algo que a psiquê humana produza que Abraão depois de ter voltado de uma grande guerra que não foi começada por ele, mas que não teria ele a mínima condição de ganhar se Deus não tivesse intervido em favor de dele,  Deus enviou seu Rei-Sacerdote Melquizedeque ao encontro de Abraão trazendo comida  de festa para festejar a vitória,  mas como um lembrete de que Abraão deveria demonstrar gratidão pelo favor de Deus. Abraão entendeu e dedicou a Deus em gratidão uma oferta especial dos ganhos da guerra.

Ufa! Que período enorme esse. Perdoe o cronista amigo leitor. Prometo melhorar.

A gratidão humaniza o ser humano. Acho que essa é uma lição de Gênesis capitulo 14.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Não chute o balde porque perdeu a tampa

Se perder a tampa do balde não  chute o balde também. Isso é desespero. E desespero não é bom conselheiro.

Abraão depois de um Movimento Retilíneo Descendente Disforme refez a vida com um Movimento Retilíneo Ascendente Uniforme e não precisou chutar o balde porque perdeu a tampa.

O caro leitor deve estar dizendo que essa crônica está muito enigmática e, que, já está para perder a paciência. Mas tenha calma! Eu me explico.

Depois de voltar do Egito para onde foi fugindo de um grave seca,  e lá ter se metido em sérios apuros com risco de morte,  inclusive; e penso que foi assim por  Abraão não ter buscado a direção de Deus,  mas não quero ser injusto com Abraão,  por isso faço minha crítica com moderação.

O que citei no parágrafo imediatamente acima está registrado em capítulo treze do primeiro livro da Bíblia.

O leitor se quiser que confira lá.  Se eu postar aqui você vai achar que escrevo demais e nao vai ler meu texto e, ninguém escreve para não ser lido.

Abraão  e Ló voltam do Egito mais ricos do que quando partiram. A convivência entre eles ficou nervosa,  faltava espaço para os dois morarem juntos com toda a riqueza que tinham que era medida em animais.

Os desentendimentos se avolumaram , no auge da questão Abraão propõe a seu sobrinho uma solução pacífica contando que Deus daria a cada um uma boa sorte.

Abraão achou uma tampa para seu balde.

Meu amor na Mesa

A foto postada aqui é da Mesa do Senhor. A Ceia. Ela representa o amor de Cristo ao dar sua vida pela humanidade e deve inculcar em nós o mesmo sentimento : amar sacrificialmente os outros.
Ontem estive na Estação Fortaleza, uma célula do Caminho da Graça. Fomos bem recebidos, eu e meu filho Miguel Flor. Recebemos uma boa mensagem e, embora a reunião tenha se demorado umas três horas, parece que foi menos.
Sentamos lado a lado, eu e o Miguel. Ele deitou a cabeça no meu ombro e ficou ali participando do culto.
Peguei a orelha dele e fiquei amassando, é nosso gesto de carinho particular .
Teeminou tudo,  entramos no carro e fomos embora. Quando chegamos a casa,  minha mulher que não foi, perguntou como tinha sido tudo. O Miguel respondeu : foi bom demais. Tomei a ceia e meu pai ficou o tempo todo pegando na minha orelha, e falou isso fazendo gestos largos de satisfação.
O amor nasce de pequenos gestos. O gesto carinhoso das pessoas da Estação Fortaleza em nos receber e de um amasso na orelha e do gesto sacrificial de Cristo em morrer para nos dar vida.
Isso é a Mesa do Senhor.

domingo, 8 de janeiro de 2017

Movimento Retilíneo Descendente Desforme e Movimento Retilíneo Ascendente Uniforme de Abraão

Para escrever bem é preciso o mínimo de conhecimento de matemática,  geografia,  história e uma dose generosa de observação.
Tudo isso se encontra no escritor bíblico. Ele descreve em linguagem matemática a trajetória descendente e ascendente de Abraão,  o pai da fé.
Abraão desceu ao Egito fugindo da grave seca que assolava o lugar escolhido por ele para morar. O senso de preservação o guiava.
Abraão não exitou descer tão baixo para preservar sua vida. Tanto desceu que pos sua vida e dos seus em risco de morte.
O registro é feito pelo escritor bíblico no capítulo doze e versos dez ao vinte do primeiro livro bíblico.
Aqui, com meu básico conhecimento de matemática,  faço uma pausa para nomear o movimento feito por Abraão, o pai da fé : Movimento Retilíneo Descendente Desforme. Em palavras menos pomposa: um zigue zague.
É a ação anterior a descida de Abraão ao Egito que o põe numa escala descendente. Vejam nas palavras do escritor bíblico : "E moveu-se dali para a montanha do lado oriental de Betel, e armou a sua tenda,  tendo Betel ao Ocidente, e Ai ao Oriente, edificou ali um altar, e invocou o nome do Senhor".
O Movimento Ascendente Retilíneo Uniforme ocorreu quando Abraão rico, mas corado fe vergonha pelo que fez no Egito sobe para onde havia partido.
O movimento ascendente de Abraão é descrito pelo escritor. Registro, pois se o não fizer, a crônica perde o sentido e isso é tudo que nem você nem eu queremos. Não é?
"Era Abraão muito rico em gado, em prata e em ouro. E fez suas jornadas do sul de Betel, até ao lugar onde a princípio estivera sua tenda, entre Betel e Ai; até ao lugar do altar que outrora ali tinha feito; e Abraão invocou ali o nome do Senhor. "
Ao lugar do ajuste da vida. É o que digo que fez Abraão. Depois da queda cabe reeeguer-se.

sábado, 7 de janeiro de 2017

Abraão

Recebeu como missão tornar as famílias da terra melhor e saiu para uma terra até então desconhecida como um retirante do nordeste do Brasil sendo que era rico e materialmente tudo lhe corria bem. Tudo lhe corria bem exceto que o hábito do cachimbo lhe deixava a boca torta e uma seca devastadora o fez sair de seu lugar e deixou mais ainda em evidência a anormalidade de sua boca. A mulher ele transformou em irmã somente dando margem a qualquer um se apossar dela e disto famílias sofrerem danos, o homem chamado para abencoar as famílias da terra... até que Deus pouco a pouco lhe retirasse o cachimbo da boca para endireitar sua tortura.

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Um conto de Babel

Era uma vez em um tempo muito distante quando toda a humanidade tinha uma só língua e gostava de construir castelos de areia o que desagradava muito o Chefe das construções sólidas e o deixava muito preocupado.  O povo deste tempo tinha muito medo de chuva que inundasse a terra deles e mesmo assim seguia construindo seus enormes castelos de areia. Seus castelos eram tão altos que tocavan as nuvens e eles não se importavam que indo assim tão alto  o oxigênio acabaria e todos morreriam. Um dia o Mestre das construções sólidas veio visitar o povo porque estava muito preocupado com eles e viu que estavam construindo um novo castelo de areia mais alto do que os outros,  o Mestre das construções sólidas viu que seria um desastre iminente para todos e fez com que eles que tinham uma só lingua falassem diversas outras entre si. Assim  a construção do imenso castelo parou e o povo foi posto a salvo. Portanto,  não construamos castelo de areia, quando ele desmoronar os danos serão arrasadores.

O jardineiro

Era meio dia e a tenda ardia em brasas. Lá fora também ardia e até as pedras tão pacientes que sempre são amoleçian do tamanho do calor que fazia. Mas entre lá dentro e lá fora, lá fora corria um ventimho morno que soprava pra longe o suor do pescoço ainda que não resfriasse as ideias. Foi querendo um pouco de vantagem que resolveu sentar à porta de sua tenda. Ali sentado começou a pensar em seus pesares. Nesse momento de meditação uma visita se aproxima e como tendo ouvido todas as letras de seu atordoado pensamento diz a Abraão: mais um pouquinho e o jardim vai florir. Um ano depois Abraão ninava seu botão em flor.

O encontro

Para quem ama qualquer hora do dia é tempo para um encontro produtivo. Mas deve haver algo especial no encontro ao amanhecer. No silêncio dos primeiros momentos da chegada do sol. Dentro do carro no banco de trás,  a Bíblia era o meio de contato. Ali a ler histórias sobre Deus o coração se aquecia quando ainda era frio.

O velho mantra

Ocorreu a mim uma ideia. Ler os dez capítulos de vários livros da Bíblia. A Bíblia é aquele livro que nunca se acaba de ler. Tive essa ideia não sei bem dizer por quê; talvez porque ler a Bíblia é essencial e porque suas histórias são muito interessantes. Iniciei pelo livro do Gênesis. Foi então que no processo me deparei com as algumas dúvidas que assolam a humanidade,  pelo menos alguns humanos.
São elas. De onde viemos? Quem somos ? Para onde vamos?
Bem. O Gênesis me diz que nós podemos ser quem queremos.  Quanto a de onde viemos e para onde vamos a resposta é simples. Viemos da terra, moldados pela mão de Deus e a uma parte de nós voltara para a terra de onde viemos e a outra para Deus de onde viemos.
Mas isso é uma crônica e não um tratado teológico,  então deixemos as coisas assim em linhas gerais. Qualquer coisa você faz como eu fiz.
Não tenho problema com mentes argumentativas sendo eu mesmo uma. Só acho que quando se rejeita uma teoria deve-se apresentar outra viável.
Perdoem mais uma vez. Crônica não tem conclusão. Perdoem esse cronista meia pataca.

S dona do pedaço no Gênesis

Lembra daquela ideia mirabolante que tive de ler os dez primeiros capítulos dos grandes livros da Biblia? Eu queria lhe pedir para partilhar com voce mais uma impressão que tive dessa experiência lendo o Gênesis.

O mundo estava em formação. Nao venha voce mais purinho questionar meu termo formação. Vai ser formação  e pronto! Pois bem, o mundo precisava de pessoas com diferentes habilidades. Então o que fez Deus? Mandou para o mundo pessoas com diferentes dons.

A primeira dessas pessoas foi a mulher.

Ela não andava, gingava. Não falava, cantava, exalava aroma da natureza, não  precisava de roupa, postura elegante, coxas torneadas, rosto afilado e de quebra um nariz excepcional, seios fartos e firmes, nem alta nem baixa, de costas era tão linda quanto de frente, cabelos longos e sedosos, olhos vivos, lábios com um tom sedutor de vermelho,  mãos suaves e pele fina, inventou um jeito pintar as unhas, e fez uma tinta especial para colorir os olhos, os cílios já eram uma obra prima nao precisaram de retoque nenhum, mas as sobrancelhas ela deu um jeito de refilar, era cada penteado que inventava um mais bonito que o outro,  andava à sombra para não queimar a pele e porque nao era besta, fazia perfume das flores e frutos do jardim plantado por Deus, nesse quesito era uma verdadeira alquimista, os dentes branquinhos como leite, e os dedos dos pés todos bem torneadozinhos, quando parada era uma obra de arte sem moldura, ou melhor, a moldura era o proprio jardim, era uma invenção de dar inveja aos bichos todos por ali, coroando Tudo isso ainda era inteligente e tinha um coração bondoso. As filhas dela são assim até hoje.

Adão ai vir tudo isso gritou de surpresa e se descobriu poeta. Talento que nao sabia que tinha.

O lado bom d Caim, O mal

A ideia da leitura dos dez capítulos,  lembra, que eu acho que voce já anda meio enjoado de me ouvir repetir, mas que eu prometo não repetir mais na próxima crônica tem rendido bons dividendos.  Espero que voce continue lendo. Pegue uma xícara, despeje café quente e vá lendo de gole em gole.

O Gênesis me diz que Caim era aquele  tipo e gente que punha nos outros a responsabilidade de seus erros. Era amado por Deus e por seus pais, tão amado como o eram seus outros irmãos mais novos. Mas ele queria ser o único amado. Matou seu irmão e se tornou um morto vivo errante mundo a fora.

Mas Caim tinha um lado bom. Uma turma que era muito produtiva. Vou deixar vocês no relato do próprio eacritor do Gênesis. Segue abaixo suas palavras.

"Caim edificou uma cidade e lhe chamou Enoque, o nome de seu filho. A Enoque nasceu-lhe Irade; Irade gerou  Meujael, Meujael, a Metusael, e Metusael, a Lameque. Lameque tomou para si duas esposas: o nome de uma era Ada, a outra se chamava Zilá. Ada deu à luz a Jabal; este foi o pai dos que habitam em tendas e possuem gado. O nome de seu irmão era Jubal; este foi o pai de todos os que tocam harpa e flauta. Zilá, por sua vez, deu à luz Tubalcaim, artífice de todo instrumento cortante, de bronze e de ferro.

Alguma dúvida caro amigo que me suporta lendo o que escrevo?

A crônica dos seis dias

Antes que o título sugira a voce que passei seis dias para compor essa crônica quero dizer que não. Levei apenas umas horinhas de canetada.

Mas Deus levou seis dias para criar do nada esse mundão de meu Deus. Depois que li pela enésima vez o relato da criação fiquei a pensar porque Deus levou seis dias para criar o mundo quando podia fazer tudo num piscar de olhos.

Eu acho que Deus escolheu criar o mundo em seis dias para permitir as pessoas criarem ditados populares.

Aaui estão alguns desses ditados.

"A pressa é inimiga da perfeição ". "Devagar se chega ao longe". "De grão em grão a galinha enche o papo". "Quem corre Muito cansa mais rápido". "Seis dias de feira e depois as férias ". "Cada um tem seu jeito de fazer as coisas".

Eu ainda arrisco mais uma resposta, claro,  com a devida vênia do Senhor Criado, Deus resolveu fazer as coisas do jeito que fez pra botar nas mentes brilhantes de alguns céticos um monte de minhocas.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

A cobra, o Diabo, Meus amigos, Shakespeare e o Google

Aessa altura você deve está pensando que as crônicas que tenho escrito não sejam fruto do meu desafio pessoal de leitura, aquele de ler os dez primeiros capítulos dos grandes livros da Bíblia. Mas sao. Porém,  isso não vem ao caso. O importante é que voce está lendo, o que, aliás, aproveito para agradecer.

Bem, mas prossigamos.

Há duaz entidades nesse mundo para quem tiro o chapéu. Uma viva e a outra já se foi para o céu dos gênios.

A primeira se trata do Google e a outra do invejável William Shakespeare. Lamento de antemão não ter ainda lido nenhum livro desse gênio,  digo de Shakespeare.

Dada minha admiração pelo Google fiz a ele a seguinte indagação : Senhor conhecedor de todas as coisas debaixo do sol responda 'quais animais que fora a cobra que pertenceu temporariamente ao Diabo e a mula que pertenceu a Balaão falaram? '

A resposta só nao veio imediatamente porque minha conexão é  lenta. O Google disse: --" nenhum outro". E acrescentou : -- "O androglossini parece falar, mas na verdade só imita, não desenvolve nenhuma conversa inteligível. "

E como o Google é mesmo um gênio e temos uma boa relação ainda me deu maiores informações sob o título de 'informações relacionadas ':

"Um grande peixe engoliu um homem e depois o vomitou fora são e salvo. Um outro peixe de menor porte engoliu duas moedas que foram suficientes para pagar o caríssimo imposto de dois homens pobres quando foi pescado; um outro se notabilizou por conduzir o Filho de Deus em seus lombos e, outro da nesma especie,  ficou conhecido por sua bravura nas guerras. Mas falar, falar mesmo só os dois de que já conversamos. "

Acreditem amigos. Foi nesse tom minha conversa com o Google. Digam se não devo ter o maior zelo por essa amizade?

Já de outros amigos não sei se is devo ter em alta conta. Sabendo eles da minha crença nas histórias da Bíblia, sem qualquer cerimônia acusam meu estimado livro de ser fantasioso, livro de ignorante e coisas assim.

E foi daí que nasceu minha admiração e respeito pelo gênio William Shakespeare.  Ele resolveu pra mim em uma frase o que eu não diria em mil e foi um tiro certeiro nos meus, digamos: amigos. Disse o William (desculpem a intimidade ): "Há mais coisas entre o céu e a terra do que pode imaginar nossa vã folosofia."

Ao que acrescento: ainda mais em se tratando de Deus.

Ora. Ora. Ora....

MATUSALÉM UM VELHO LOUCO E NOÉ IM PREGADOR DE ÁGUAS QUE NÃO MOVEM MOINHOS

O mundo está iluminado. Muita luz foi lançada sobre ele. Muita luz despejada sobre a escuridão da Idade das Trevas.

Os cientistas apareceram com suas tochas acesas clareando quase tudo na bola que era quase toda dominada pelas trevas.

Mas os novos homens do saber com suas tochas queimaram até a luz que havia antes e agora só eles impõe a luz. Ninguém mais. Ninguém mais. Só que as tochas dos novos homens do saber não aluminia a tudo,  mas eles afirmam que sim.

A Igreja disse com raiva: senhor Nicolau, cale-se! Ou perde a cabeça e a língua vai junto.  E Copérnico não pode fazer outra coisa do que se abrigar num cantinho,  amargurado, mas feliz por estar vivo.

E em revolta os discípulos de Copérnico bradaram: calem-se todos que não são da academia. E foram assim apagando as luzes que queimava boa.

Agora os cientistas só leem seus manuais e quando leem os outros os censura.

Quando leem o capítulo cinco e seis do livro número 1 da Bíblia que trata da genealogia de Adão dizem não ser possível antes dos homens do saber terem eles inventado as letras para dar a outros um registros para a posteridade. Será que só porque são mais velhos eles não sabiam ler e escrever?

E Matusalém e os seus que viveram quase mil anos na verdade não viveram porque cientista que se preze tem vida breve, efêmera. Só ignorante vive tanto assim.

Noé foi um louco e seu dilúvio uma farsa. Nós (cientistas) não carimbamos seu relato.

Não amigos. Não sou contra a ciência. Ontem mesmo tomei uma aspirina, mas há outras dores que a aspirina não cura.

Meu amigo católico me ensinou uma lição

Muitas vezes deixo de fazer coisas por medo, por isso mesmo fico fascinado por história de coragem.

Sentado no banco da Lagoa da Prejubaca ao lado de sua bicicleta enquanto eu em pé depois de ter corrido dez quilômetros, meu amigo me dizia que ontem havia pedalo sozinho sessenta quilômetros.

Pra nós ciclistas, pedalar sessenta quilômetros é como ir bem ali. O que me chamou a atenção foi que ele pedalou sozinho por uma estrada solitária. Ele faz isso constantemente.

Disse então para ele: cara eu invejo tua coragem .

Ele me disse que antes de sair faz uma oração a Jesus Cristo pedindo a ele para que limpe seu caminho e aí põe o pé na estrada pisando no medo e o deixando pra trás já que encomendou seu caminho a Deus.

Percebi que a conversa do meu amigo católico estava direitinho com o ensino da Bíblia.  O Salmo 37 diz "entrega o teu caminho ao Senhor, confia nele e muito ele fará por ti."

A conversa se alongou um pouco mais e meu amigo católico me disse que estava lendo na Bíblia no livro Provérbios de Salomão.

Meu amigo me disse que fica fascinado com tantos conselhos bons que vem desse livro.

Meu amigo me disse que aprendeu com Salomão que se a gente anda na sabedoria a gente anda seguro.  Isso está de acordo com o ensino de Provérbios quando diz "Sábio é quem vê o mal e se desvia dele."

Fiquei com mais vontade de ouvir meu amigo católico,  mas me despedi e segui meu caminho agradecendo a ele pelas lições daquele fim de tarde.

Crônica policial (O dilúvio )

   As águas varreram tudo.  A previsão havia sido feita a cem anos e poucos deram atenção aos avisos do homem do tempo. As precipitações vieram das nuvens e das fontes subterrâneas de águas. Levou considerável tempo para as águas voltarem a seus níveis, os intestinos da terra não suportariam engolir de volta  com rapidez toda água que vomitou e as nuvens se recebessem de volta em breve tempo as águas derramadas deixariam cair a água  sobre a terra novamente e os mares e rios que ainda estavam indecisos de onde eram seus limites só podiam trabalhar devagar.

   Foi um dilúvio iniversal.

   Mas deixemos essa linguagem romancista. Se trata de uma crônica policial. Então nos detenhamos às descrições dos fatos em linguagem matemática.

ESCRIVÃO
[Fontes informaram ao escritor bíblico o que ele passa a declarar em inquérito. ]

Diz o escritor bíblico que a população mundial havia se tornado repulsiva e que a paciência da autoridade divina havia se imposto um limite. Que uma ameaca severa foi feita por essa mesma autoridade. Que um ente da raça humana se conduzia diferente dos demais e que a autoridade divina resolveu poupá-lo qe que teria feito o mesmo caso mais exemplares do gênero humano tivesse mudado de comportamento. Que o poupado cujo nome era Noé se tornaria na semente para o recomeço da humanidade e que sete outras pessoas acresceram à lista somando-se a Noé sendo a esposa de Noé, as esposas de cada um de seus três filhos totalizando oito. Que o modo de salvação seria uma arca cujas dimensões foram entregues a Noé pela própria autoridade e que ela deveria ser capaz de flutuar muito bem em águas turbulentas e ainda que o prazo de construção seria de cem anos e que no interim Noé e sua familia deveria advertir aos demais do mal iminente. Que a própria autoridade traria à arca pares de animais sendo estes o macho e sua fêmea e que o referido Noé se encarregaria de acomodá-los na arca, que Noé deveria juntar comida para si, sua família e os bichos e que as precipitações durariam quarenta dias e quarenta noites e descreveu nestes termos o resultado do fenômeno metereológico. Cito a transcrição de proprio punho do escritor biblico:

"Expirou toda carne que se movia sobre a face a face da terra, tanto ave como de gado e de feras, e de todo réptil que se arrasta sobre a terra,  e todo o homem. Tudo o que tinha fôlego de espírito de vida em suas narinas, tudo o que havia em terra seca, morreu."

CONCLUSÃO DO INQUÉRITO

Com base no depoimento do declarante e das provas colhidas e juntadas aos autos os gêneros da raça humana mortos cometeram crime de desacato a autoridade a despeito dos avisos para sairem da marginalidade.

Bem lembrado

Deveria ser um ditado popular a citação de Gênesis capítulo oito e versículo um "e lembrou-se Deus de Noé ". É uma frase tão linda e romântica e o romantismo é sempre tão bonito. Não apenas o romance com suas palavras melodiosas de um homem ditas para uma mulher ou as de uma mulher ditas para um homem, mas o romance que expressa bons sentimentos, boas atitudes que demonstram apreço pelo outro. Ser lembrado é muito bom. Ser lembrado para bem ou somente ser lembrado. Noé dentro de uma arca enorme com pouca iluminação,  enjoado do cheiro do betume, das fezes dos animais, enjoado do balanço da arca, querendo uma novidade, querendo conversar coisas novas que não fosse o trivial da vida dentro de uma enorme caixa,  mas fosse o trivial do viver ao ar livre, de um dia de trabalho, da plantação de uma árvore,  do negócio que quase não deu certo mas que no final tudo se arranjou, em meio a tudo isso surge a frase "e Deus lembrou se de Noé. "E ser lembrado fez tão bem a Noé que é por isso que acho que Gênesis capítulo oito e versículo um deveria ser um ditado popular entre os povos.

Respeito

tradicionalmente os cultos evangélicos começam às dezenove horas e trinta minutos. O prédio é aberto bem mais cedo. As pessoas vão chegando e saudando umas as outras (cada igreja tem uma forma de saudação ) e conversam assuntos sem conexão com o culto até que uma voz se faz ouvir ao microfone dizendo : aquietemos nossos corações para o inicio do culto,  que é uma forma educada de convidar as pessoas a tomarem seus lugares e sentarem-se comportadamente.

Alguns por menores são tratados e então canta-se horas a fio de modo que depois que o cantante termina de cantar a boca passa a se mexer sozinha involuntariamente também por horas a fio.

Naquele "Dia do Senhor ", 6 do mes que nao me recordo não foi diferente. Mas algo naquele domingo me deixou muito entusiasmado. O tema que o pregador da noite anunciou.

Ele disse em tom solene como se estivesse fazendo um discurso na ONU: meu tema para essa noite será RESPEITO: A VIDA DEPENDE DE RESPEITO. E anunciou o texto da Biblia em que basearia sua preleção : Gênesis capítulo  nove.

Leu inicialmente todo capítulo anunciado sob a atenção quase plena das pessoas (algumas faziam de conta que liam). Os que preferem cantar,  os que não gostam de ler,  os que só leem quando algum figurão famoso é que está pregando faziam de conta que liam.

A proposta do pregador era intressante embora fosse ele um sujeito de pouca elegância e não figurar no rol dos televangelistas endinheirados e a oferta que receberia para pregar seria um 'muito obrigado irmão '.

Alistou os pontos de seu sermão e provou cada um usando o texto bíblico anunciado e lido.

1. A vida depende de respeitar Deus e suas leis;
2. A vida depende de respeitar a vida dos animais;
3. A vida depende de respeitar o direito de viver do semelhante;
4. A vida depende de respeitar a autoridade paterna e afins.

Agradeceu a oportunidade, fez uma prece e desceu com a humildade com que subiu sem nenhum ajuntamento em torno de si ou pressa de entrar em seu carrão e ir para um restaurante chique e depois para o luxuoso quarto do hotel e em seguida pegar o avião na primeira classe.